Conquistando a Oceania


A linha de tablets robustecidos da Panasonic embarcou recentemente na Austrália e, para comemorar sua chegada, realizou uma festa de lançamento que contou com show ao vido e testes demonstrando a robustez dos Toughpads.

Assista ao vídeo e confira!

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Todas as Indústrias

Preservação das praias na costa americana


Os computadores robustecidos da Panasonic contribuem para o desenvolvimento e manutenção de diversos projetos ambientais realizados em ambientes extremos, como o Projeto Beachwalk.

Ele é composto por uma equipe experiente que viaja a pé e de caiaque por milhas ao redor das costas e hidrovias americanas. A equipe conta com parceiros locais e organizações internacionais para aumentar a conscientização para a proteção de “Direito de todos à água potável.”

Antigamente, o grupo tinha que enfrentar diversas falhas tecnológicas, incluindo sua primeira viagem costeira, quando eles perderam 3 vídeo câmeras e comprometeram dois laptops. Robert Weinman, co-fundador do projeto, destacou os benefícios que esses agora têm com os robustecidos, “Para nós é muito importante contar com os computadores da Panasonic, eles são máquinas super-resistentes”, disse.

Os desafios ambientes que o time precisa encarar incluem remar por 1,600 milhas pela costa do Oceano Atlântico, circulando o território americano de Guam e remando pela difícil costa de Oregon, o que expõem seus equipamentos pelos rigorosos elementos da terra e do mar.

Isto significa calor extremo, luz solar direta e contatos com areia, sal e umidade. Os computadores têm provado sua durabilidade em comparação com outros laptops usados por Weinman, e sobrevivendo a numerosas quedas e danos como sendo chacoalhada por caiaques, e sofrendo quedas de alturas de até 90 centímetros de altura em pavimento de concreto.

Contar com os computadores robustecidos da Panasonic permitiu a Weinman e seu time economizar dinheiro que seria gasto substituindo ou reparando suas tecnologias. Isto permite ao time focar seu tempo no desenvolvimento do projeto.

O time tem mais aventuras reservadas e mais desempenho ganho pelos computadores Toughbook  Nós iniciamos esse projeto  chamado ‘Oregon Summit to Sea’ e estou usando novamente a Panasonic [Toughbook] para ele”, Weinamn stated. “Nós os possuímos desde 2008, então sabemos que eles são eficientes”.

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Histórias Toughbook

Estudo de caso – Centro Médico Saint Francis


O Centro Médico Saint Francis, localizado em Cape Girardeau, nos Estados Unidos, atende a mais de 650 mil pessoas que moram ao redor da cidade.

Notável por sua expertise em neurociência, ortopedia e cuidados neonatais, o hospital também é pioneiro em tecnologia. Saint Francis recentemente implantou 250 laptops convertíveis Toughbook C1 em sua equipe de saúde e no dia a dia da rotina médica.

Desde sua implementação, o departamento de TI e corpo clínico experimentaram crescimento da eficiência no fluxo de trabalho devido à durabilidade, leveza e portabilidade dos computadores Toughbook.

Médicos e enfermeiros pode realizar suas tarefas diárias sem se preocupar com quedas, esbarros ou derramamento acidental de líquidos em seus laptops Toughbook. As enfermeiras podem acessar os dados dos pacientes ao lado de seus leitos, eliminando a necessidade de se dirigir a um computador. Em retorno, os pacientes podem receber os resultados de seus exames e as recomendações de seus médicos de forma imediata e eficiente.

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Histórias Toughbook

Vendo pra crer


Já falemos anterioremente dos testes de temperatura em que os Toughbooks são submetidos. Os computadores da Panasonic são desenvolvidos para funcionar tanto em climas áridos como extremamente frios.

Se você ainda duvida, confira um video feito durante uma das baterias de teste do Toughbook, em que o compitador foi submetido a uma temperatura de 10ºC.
Bom final de semana!
Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Testes de resistência, Vídeos

Em terras chilenas


 

Como parte da estratégia em consolidar a marca no mercado latino americano, já que mantém operações no México, na Colômbia e há dois anos no Brasil, a Panasonic Toughbook anunciou a abertura de sua operação no Chile.

Segundo Luis Viloria, diretor da Panasonic Toughbook para a América Latina, o crescimento social e econômico do Chile foi fundamental para a empresa investir e aumentar seus recursos no mercado local e, assim, oferecer soluções em tecnologia.

O principal desafio para o gerente de vendas da Panasonic Toughbook no Chile, responsável pela operação no país, será dar continuidade ao posicionamento da linha na região com objetivo de aumentar as vendas e melhorar as relações entre a empresa com os canais de vendas e usuários finais.

O que é que os Toughbook têm?

Os robustecidos da Panasonic são especialmente desenvolvidos para uso em ambientes externos e, em muitas situações, em ambientes hostis, sendo resistentes a quedas de até 1,80 metros, trepidações, poeira, derramamento de líquidos e trabalho em dias de chuva.

Os equipamentos permitem visualização da tela mesmo em dias muito ensolarados e podem trabalhar em temperaturas extremas (-50ºC a + 120ºC), além de apresentarem alta mobilidade com GPS interno e conexões Bluetooth, Wi-Fi e wireless 3G (certificados pela ANATEL).

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Novidades Toughbook

Mobilidade é a tendência


 
Cada vez mais para as indústrias, a ideia de um local de trabalho pode ser móvel, e mesmo até não um “local” na realidade: 63% dos empresários disseram no ano passado que permitem que seus colaboradores trabalhem remotamente, um acréscimo de 34% em comparação com 2005, segundo o Families and Work Institute.

O que isso significa? A maior parte dos trabalhadores não está mais acorrentada a uma mesa de trabalho. Habilitados com a tecnologia sem fio, eles podem facilmente ser produtivos em campo ou em outro local externo.

Profissionais de segurança agora podem se beneficiar do crescimento da mobilidade, com o crescimento que os acessos remotos de segurança oferecem. Estas novas soluções oferecem uma verdadeira plataforma mobile para monitoramento negócios, escolas, hospitais e outras facilidades – oferecendo uma plataforma de segurança poderosa e totalmente equipada via tablet.

As mais avançadas soluções permitem acessar e manipular vídeos por aparelhos mobile como se estivessem em uma sala de controle, com a habilidade de parar, voltar e utilizar o zoom em várias câmeras.

Permitir que o time de segurança seja mais móvel cria uma força de trabalho ágil e efetiva que pode lidar com os problemas de forma mais fácil. Livre dos limites da sala de controle, os profissionais de segurança podem ir ao local de um incidente, enquanto continuam vigiando o resto das instalações. Portando conexões de alta velocidade sem fio, eles podem até mesmo visitar outros locais ou instalações, mantendo a visibilidade completa.

As soluções da Panasonic –que foram apresentadas neste ano durante a ISC- incluem todas as características mencionadas acima e utilizam os novos robustecidos e seguros tablets Toughpad.

Os tablets possuem um design durável e múltiplas opções de conectividade, permitindo aos usuários acesso sem fio em suas redes de vigilância em vídeo não importando para onde seu trabalho os levará – incluindo ar livre ou em armazéns, cozinhas comerciais, salas de máquinas ou outros ambientes agressivos.

Eles possuem a habilidade de lidar com  impactos, temperaturas extremas, água e outras intempéries, além de vir com outras características como bateria de longa duração, baterias removíveis, opções para expansão de conectividade e segurança reforçada.

Acesse o link e saiba mais sobre os Toughpads!

Leia aqui o artigo completo 

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Toughpad

Vantagens das empresas ao abandonar o uso de papéis


 

Com o atual estado da economia, pequenas e médias empresas em todo o mundo estão tomando medidas para cortas custos e economizar dinheiro da maneira que for possível. Uma medida que está se tornando popular é usar a tecnologia para acabar com o uso de papéis no mercado de trabalho.

Essa é uma tendência que muitas pequenas e médias empresas encontraram que beneficia não apenas o espaço, mas também o meio ambiente. Enquanto muitos acham impraticável a ideia de abandonar o papel, é importante ter em mente o ditado “Menos é Mais” e considerar os benefícios de uma rotina sem papéis.

Menos tempo desperdiçado, mais eficiência

Um sistema de gerenciamento digital dos documentos permite às empresas simplificar os processos de negócios. Com o software correto, documentos físicos tornam-se facilmente rastreáveis e podem ser enviados eletronicamente por e-mail ou fax e organizados de forma eficiente, economizando o tempo de empregados que organizavam ou preenchiam os papéis.

Pequenas e médias empresas se beneficiam quando empregados contam com  mais tempo para dar suporte ao cliente e est]ao disponíveis para responder às dúvidas dos consumidores  mais rápido e com mais produtividade do que quando tinham as tarefas administrativas como foco.

Poucos riscos, mais segurança

Recentes desastres naturais têm exposto a grande necessidade das pequenas e médias empresas em contarem com um plano de segurança, no caso do inesperado acontecer e a segurança de sua empresa for comprometida.

Documentos físicos estão vulneráveis a destruição não apenas por desastres, mas também por furto. Ter documentos digitalizados no escritório permite que as pequenas empresas consigam armazenas documentos em servidores locais ou hospedá-los na nuvem, permitindo uma fácil localização.

Além disso, documentos confidenciais podem ser armazenados com uma senha de proteção, limitando o número de indivíduos que tenha acesso a informação. No caso de escritórios de advocacia e clínicas de saúde, que precisam cumprir regras de privacidade, o gerenciamento da segurança digital de seus documentos é uma solução perfeita.

Menos desperdício, mais conservação ambiental

Reduzir a quantidade de papéis equivale literalmente a menos fotocópias, menos desperdício de papel e menos desmatamento. A organização Reduce.org estima que um empregado usa cerca de 10,000 folhas por ano. Se você multiplicar esse número pelo total de empregados da sua empresa, você logo começará a perceber o custo ambiental do uso do papel.

A transição para um escritório sem papéis pode ser o modo mais rápido para pequenas e médias empresas economizarem dinheiro, pensarem de forma ecológica e aumentar a eficiência dos negócios.

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Tecnologia

Toughbook no topo do mundo


Em abril de 2012, um time de cientistas americanos, pesquisadores e aventureiros escalaram o Monte Everest para estudar os efeitos das altas altitudes em humanos, especialmente em seus corações, pulmões e funções cognitivas.

As altitudes extremas do Everest proporcionam um ambiente ideal para monitorar as funções do corpo sob condições severas, como experimentam os pacientes de uma das doenças que mais ocorrem ao redor do mundo: o infarto miocárdio.

A Clínica Mayo, uma das participantes da expedição, possui uma parceria tecnológica de longa data com a Panasonic, utiliza os computadores portáteis Toughbook em projetos de pesquisa feitos anteriormente em locais remotos, como a América do Sul e Antártica, logo o grupo de pesquisadores sabiam que poderiam confiar na performance dos eletrônicos robustecidos sob as condições extremas que eles encontrariam no Everest.

“Nos transformamos em “pacientes que sofreram infarto” ao escalarmos a Base do Monte Everest (5,364 metros) onde instalamos um laboratório de testes a distância para conduzir experiências feitas normalmente na Clínica Mayo”, explicou a pesquisadora Amine Issa, que trabalha no centro médico.

“Uma vez que você alcança altitudes elevadas, pode se colocar na posição do paciente com mais facilidade. Cada passo te força a parar para tomar fôlego e amarrar os sapatos se torna a coisa mais difícil que você já fez. Apesar de já existirem técnicas para simular essas condições em laboratório, como a câmara hipobárica, que controla a pressão para simular altitudes elevadas, as condições climáticas do Nepal e Everest fazem dessas montanhas locações para testes mais eficientes”, completa.

Devido às condições extremas do Monte Everest e a importância desta pesquisa, o grupo de pesquisadores adquiriu um computador com hardware robustecido e confiável que poderia lhes permitir continuar trabalhando apesar do clima imprevisível e quedas acidentais.

“Uma falha no computador no acampamento teria sido um desastre”, explica Issa. “Se a tecnologia falhasse, não estaríamos capacitados para completar nossa pesquisa, fazendo da pesquisa quase que uma perda de tempo e recursos. Saber  que nossos computadores Toughbook não vão falhar nos fornece uma sensação extra de segurança e uma coisa a menos para nos preocuparmos no Everest”.

Conclusão: todos definiram a expedição como muito bem sucedida!

“Os dados obtidos através do monitamento dos corpos humanos durante esta expedição irá nos permitir detectar tendências e desenvolver algoritmos  para usarmos no monitoramento de pacientes cardíacos em home care”, explica Issa.

Você pode ler o artigo completo no Panasonic Business Blog

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Histórias Toughbook

Quer ver o Toughbook em ação?


O Portal R7 postou em seu site um review sobre o Toughbook CF-19, destacando a robustez e durabilidade do aparelho.

A equipe também fez um vídeo demonstrando alguns dos testes pelos quais fizeram o eletrônico passar. Confira!
Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Imprensa

|