Testado e Aprovado


Panasonic-Toughpad-JT-B1 

O portal de tecnologia Zumo realizou um teste bastante completo do tablet Panasonic Toughpad JT-B1, o tablet de 7 polegadas robustecido. 

Acesse e Confira.

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Imprensa, Novidades Toughbook, Tecnologia, Testes de resistência, Toughpad

Companha aérea BA CityFlyer decola com Toughpad FZ-G1


 

Subsidiária da British Airways, a companhia aérea BA CityFlyer está decolando com os tablets Toughpad. Fundada em 2007, a BA CityFlyer é conhecida pelo seu superior atendimento ao cliente que se desloca para Londres. Como a maior operadora no London City Airport, sua frota de 14 aeronaves transporta 1.2 milhão de passageiros por ano para França, Alemanha, Itália, Holanda, Portugal, Espanha, Suécia, Suíça e destinos no Reino Unido.

Atualmente, em cada aeronave da companhia, engenheiros e membros da tripulação usam os tablets  Panasonic Toughpad FZ-G1. Utilizando um ‘Eletronic Technical Log’ para reunir informação sobre voo e manutenção, a solução Panasonic oferece em tempo real o status de manutenção da aeronave diretamente no sistema da British Airways. “A informação em tempo real disponível às nossas tripulações e engenheiros é um caminho para melhorar a perfomance de nossa frota”, disse o engenheiro de manutenção da BA CityFlyer, David Cooper.

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Histórias Toughbook, Tecnologia, Todas as Indústrias, Toughpad

Panasonic Garante Alto Padrão de Segurança


As tecnologias desenvolvidas pela Panasonic na área de sistemas de vigilância de vídeo foram reconhecidas como uma das mais seguras do mundo. O Departamento de Defesa dos Estados Unidos acaba de precertificar os sistemas da Panasonic como compatíveis com os requerimentos de segurança e de gerenciamento de risco da entidade. Essa certificação envolve um intenso processo de testes e cumprimento de difíceis normas e protocolos.

O Departamento de Defesa americano é responsável pela proteção dos interesses da nação dentro e fora do país e conta com 3.2 milhões de empregados em todo o mundo. Uma das principais tarefas é está um passo à frente no que se refere a proteção dos sistemas de segurança e de vigilânica para evitar vulnerabilidades que facilitem a ocorrência de vírus ou cyber terrorismo.

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Governo Federal, Tecnologia, Testes de resistência, Todas as Indústrias

Panasonic Toughbook equipa viaturas da Polícia Militar Rodoviária do Paraná


 

Governador Beto Richa usando Toughbook U1

As novas viaturas da Polícia Militar Rodoviária do Paraná que estão nas estradas para a Operação Verão são equipadas com a mesma tecnologia usada pelas polícias de Nova York e Londres. O Estado apresentou os novos veículos que foram equipados com a solução ultrarresistente da Panasonic Toughbook.   

A aquisição faz parte da segunda fase do projeto iniciado em dezembro de 2011, que tornou o Estado pioneiro na implantação de solução tecnológica de ponta para vigilância e patrulhamento das estradas. Desde a implantação da solução, a Polícia Rodoviária registrou um aumento de 20% dos autos de infração, melhorando a eficiência de fiscalização do Estado.

“O Paraná está colocando nas rodovias o que há de mais avançado na fiscalização de rodovias e na segurança pública. As caminhonetes serão o padrão das demais viaturas, que serão trocadas nos próximos anos, melhorando a segurança nas nossas rodovias”, disse o governador do Paraná, Beto Richa.

As 22 viaturas novas, modelo Hillux, são equipadas com Panasonic Toughbook U1, resistente a derramamento de líquidos, quedas de até 1m80 e variações bruscas de temperatura e trepidações. O computador pode acompanhar o policial fora ou dentro do carro, ficando acoplado internamente a uma doca veicular, ligada a um PDRC de 12 polegadas(sigla para Permanent Display, Removable Computer, ou seja, monitor sensível ao toque, resistente e retrátil), teclado bluetooth e impressora térmica, que imprime a ocorrência no local. O equipamento conta ainda com uma solução elétrica para evitar consumo maior de bateria e surto de tensão, evitando queima dos aparelhos.  

Atualmente, 60  computadores da Panasonic Toughbook já são utilizados pela Polícia Rodoviária Estadual do Paraná. Os novos veículos vão reforçar o patrulhamento numa época crítica para a segurança nas estradas, os feriados de Natal e Ano Novo e a temporada de férias de verão.  

“Somos líderes desse mercado nos Estados Unidos, onde temos uma grande experiência no setor de segurança pública e militar”, afirmou o gerente nacional da Panasonic Toughbook, Rogerio Rosenzveig.

Rosenzveig destaca entre os benefícios proporcionados pela solução tecnológica o aumento da eficiência policial, que poderá acessar os bancos de dados da Secretaria de Segurança Pública, Detran e dos departamentos Penitenciário e de Criminalística.

Além disso, o computador elimina rasuras típicas do uso de papel, reduzindo os erros nas emissões de multas e agilizando a impressão de vias dos autos de infração para o infrator e a polícia. Por possuir GPS, fornece a exata localização da ocorrência. O dispositivo é altamente eficiente para casos de emergência, como  queda de barreira na rodovia, quando o policial poderá tirar fotos e avisar a Central em tempo real.

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Histórias Toughbook, Novidades Toughbook, Tecnologia, Todas as Indústrias

Tablets Reduzem Filas de Drive-thru


 

Nas lanchonetes , o drive-thru pode significar de 50% a 70% das vendas anuais. Por essa razão, é crucial que o serviço seja aperfeiçoado para assegurar a eficiência e o alto nível de atendimento ao cliente.

Atualmente, especialmente durante as horas de pico, as lanchonetes estão implementando iniciativas para acelerar a fila, colocando funcionários na fila do drive-thru para acelerar o atendimento, anotando os pedidos dos clientes diretamente do seu computador portátil. O pedido é imediatamente transmitido para a cozinha via WI-FI, reduzindo o tempo de espera na fila e na janela para receber sua refeição

Existem muitas opções de tablets disponíveis para uso numa fila de atendimento. No entanto, recomendamos que as lanchonetes usem tablets feitos para se trabalhar ao ar livre. Isso significa que eles devem ser completamente robustecidos para lidar com quedas, todo tipo de clima, desde o calor do verão, chuvas e noites frias de inverno.

Esses tablets devem também ser leves e integrados aos sistemas existentes para eliminar custos de instalação. Um computador robustecido e confiável vai garantir que os funcionários façam pedidos rápidos, otimizem o serviço e aumentem o número total de clientes atendidos.

A Panasonic oferece soluções para filas de atendimento de drive-thru incluindo os tablets Toughpad FZ-A1 e o JT-B1 com Android, Toughpad tablet FZ-G1 com Windows e tablet PC Toughbook H2 com Windows.

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Tecnologia, Todas as Indústrias, Toughpad

Toughpad vence Channel Awards 2013


 

O modelo Panasonic TOUGHPAD™ FZ-G1 foi eleito melhor tablet robustecido na 10ª edição do Channel Awards 2013. O prêmio é realizado pelo grupo editorial americano M.A. e a cerimômia de premiação em Miami reuniu as grandes empresas de TI, reconhecendo os melhores produtos e serviços tecnológicos deste ano e apontando as tendências do mercado para 2014.

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Tecnologia, Todas as Indústrias, Toughpad

Hospital Comunitário de Princeton zera número de falhas do sistema de computação usando Toughbook H2


 

Localizado no Sul do Estado da Virginia do Oeste, o Hospital Comunitário de Princeton é um líder na prestação de assistência médica, com 267 leitos, 160 médicos e 1.097 funcionários. No início de 2013, o Departamento Cardiopulmonar do hospital começou a procurar uma nova solução de computação móvel pra escanear medicamentos dos pacientes e atualizar as suas fichas médicas eletrônicas.

No passado, o hospital usava laptops  de categoria comercial com scanners de código de barras ligado através de uma porta USB. Estes laptops eram plugados em carrinhos móveis que são empurrados para dentro dos quartos dos pacientes. No entanto, os carrinhos não cabiam em quartos de isolamento, então ao invés de escanear o código de barras das pulseiras de identificação dos pacientes e dos medicamentos, os médicos e assistentes tinham que documentar manualmente as informações do paciente para repassar ao laptop pós-tratamento.

Além disso, os laptops comuns eram frequentemente substituídos devido a falhas dos dispositivos. Eles não poderiam lidar com o desgaste de um ambiente hospitalar veloz. Situações comuns no atendimento médico , tais como vibrações no ambulância, quedas frequentes e líquidos fazem com que os laptops falhem. E, ainda, laptops comuns não podem ser totalmente higienizados.

“Nós sabíamos que precisávamos de um dispositivo durável, com um scanner de código de barras integrado, que poderia aguentar o desgaste diário do ambiente hospitalar”, disse diretor assistente do Departamento Cardiopulmonar do Hospital Comunitário Princeton, George Wilson. “Nós também precisávamos que o dispositivo fosse leve, portátil, pudesse ser higienizado e fosse fácil de integrar com a nossa infraestrutura existente e com o software MEDITECH”.

Ao pesquisar soluções de computação móvel, Wilson viu um vídeo de revisão de produto do Toughbook Panasonic produzido pelo DataSource Mobility, uma integradora de tecnologia com sede em Clarksville, no Tennessee. A DataSource Mobility avaliou os requisitos do dispositivo pelo hospital e, consequentemente, os equiparam com tablets Toughbook H2.

Wilson e sua equipe viram uma melhora imediata. Com o seu scanner de código de barras integrado, totalmente selado, fácil de limpar e certificação robustecida para resistir  a quedas  de 1,80 metro e derramamentos, o Toughbook H2 era o candidato ideal para o trabalho. Outras características principais incluem um design leve e ergonômico e uma bateria de longa duração.

O Toughbook H2 utilizado pelo Hospital da Comunidade Princeton foi adaptada com um scanner de código de barras compatível com o algoritmo de código de barras único do hospital—permitindo aos terapeutas respiratórios evitarem erros de gráficos dos pacientes e serem mais eficientes. Os dispositivos também são facilmente integrados com a infraestrutura do hospital e o software MEDITECH. Além disso, a equipe se beneficiou das baterias trocáveis que fornecem energia contínua e minimizam o tempo de inatividade. A caneta integrada ao dispositivo simplifica a entrada de dados para os médicos e fisioterapeutas, tornando-os mais eficientes.

“Com o Toughbook H2 implantado para os médicos, somos capazes de digitalizar as informações do paciente no ponto de atendimento, reduzindo o risco de erro humano ou da dupla entrada de dados”, disse Wilson. “Nossa eficiência no fluxo de trabalho e no atendimento tem melhorado muito com os novos dispositivos”.

Nos seis meses desde a implantação do equipamento, o Departamento Cardiopulmonar ainda não teve uma única falha do dispositivo. A pressão sobre o departamento de TI do hospital também diminuiu e ajudou a garantir um ROI sustentável. Como resultado de uma implantação bem-sucedida, o Toughbook H2 da Panasonic está sento demonstrado aos departamentos de pronto-socorro e fisioterapia do hospital.

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Histórias Toughbook, Saúde, Tecnologia, Todas as Indústrias, Toughbook

Mais antiga seguradora americana, Amica adota equipamentos Panasonic Toughbook


 

Mais antiga seguradora de automóveis dos Estados Unidos, a Amica conseguiu estabelecer um passo a frente dos seus competidores em serviço ao consumidor ao adotar a tecnologia como ferramenta de aumento da eficiência do atendimento. A empresa utiliza computadores robustecidos da linha Panasonic Toughbook há seis anos e, conseguiu elevar a produtividade de seus funcionários em 27% e reduzir o tempo de espera do pagamento de seguros em 24%. A empresa usa o modelo Toughbook 19 no trabalho de campo dos seus avaliadores e corretores de seguros.

A Amica já era um caso de sucesso no atendimento ao consumidor.  A empresa ocupa há 12 anos seguidos a primeira posição em satisfação do cliente de acordo com o ranking da prestigiada J.D. Power, consultoria especializada em pesquisas sobre o comportamento dos consumidores.

Adotar a tecnologia ajudou a Amica a fornecer um excelente serviço ao consumidor e melhorar a eficiência. A seguradora foi a primeira a oferecer laptops para os corretores de seguros e avaliadores. O objetivo era simples: elevar a eficiência e aumenta a satisfação do cliente ao cortar caneta e papel do processo de requisição de seguro.

Mas a experiência inicial de levar computadores a campo foi frustrante, mais de 20% dos laptops usados pela Amica registravam falhas. Entre os laptops que não falhavam, muitos apresentavam problemas de conectividade que forçavam os corretores a perder tempo durante o processo de upload.

Em 2007, a seguradora decidiu que era hora de rever o processo Amica e passou a procurar notebooks robustecidos que poderiam ser usados tanto dentro como fora dos veículos sem falhas e frustrações. A empresa criou um programa piloto para testar as opções.

Laptops montados em veículos, como os usados pela polícia, pareciam os mais adequados em temos de utilidade. Outra preocupação era garantir a segurança dos motoristas e ter equipamento que não tivessem problemas de upgrades. Duas pessoas da equipe checaram o modelo Panasonic Toughbook 18 convertible tablets inicialmente com resultados positivos e o equipamento foi colocado em testes por 10 corretores de seguros por um período de seis meses.

Os corretores ficaram impressionados ao final dos testes e a Amica decidiu oficialmente adotar os computadores robustecidos como solução nacional. “O Toughbook 18 realmente se sobressaiu para mim por sua funcionalidade e a flexibilidade de tablet e pelo formato e também por ser robustecido e leve”, disse o engenheiro sênior da Amica, Larry Brown.

O processo de treinamento e adaptação do time de corretores foi fácil, com a Amica realizando sessões de treinamento em como usar as funcionalidades do equipamento, inclusive em como engatar e retirar o laptop do veículo. Os corretores que participaram no programa piloto ajudaram a conduzir as sessões.

Os resultados do uso do Toughbook tem superado as expectativas da Amica. Nos dois primeiros anos de implementação houve apenas um único equipamento com falha – o que reduziu o índice de falha de 20% para 0.2%.

A produtividade dos funcionários também cresceu com o uso do Toughbook 18. O tempo de espera para o cliente receber o prêmio do seguro foi reduzido em 24%. A média de inspeções completadas em um dia teve uma alta de 27%, o que significa que um corretor ou avaliador pode agora realizar uma ou duas avaliações adicionais por dia. Os pedidos são atendidos de forma mais rápida e os clientes recebem pagamentos em menos tempo.

Em 2010, a Amica doou os computadores robustecidos que usava para a polícia e fez upgrade para o modelo Toughbook 19 convertible tablets, com processadores reforçados e conexão wireless 3G.

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Histórias Toughbook, Serviço de Campo, Tecnologia

O Tablet Especial


FZ-G1

O site Clube do Hardware publicou uma notícia sobre a chegada do Toughpad FZ-G1 ao mercado brasileiro. O texto faz um resumo completo das características do tablet e classifica o FZ-G1 como um equipamento “especial” desenvolvido para as necessidades operacionais de ambientes de trabalho que exigem resistência.  Segundo o site, o nicho do Toughpad são as áreas militar, automotiva, segurança pública, petróleo e gás, saúde, construção, logística e seguros.

Confira o texto na íntegra

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Imprensa, Novidades Toughbook, Tecnologia, Todas as Indústrias

Aprimoramento e eficiência


Amica é o nome da mais antiga seguradora de carros em atividade nos Estados Unidos e muito da sua longevidade deve-se ao modo como ela lida com seus clientes: por 12 anos ela é a primeira colocada no ranking nacional de satisfação promovido pela J.D. Power and Associates.

Adotar soluções tecnológicas ajudou Amica a oferecer um excelente Atendimento ao cliente e aprimorar a eficiência de seus serviços: a empresa foi uma das primeiras seguradores de automóveis a fornecer laptops a seus avaliadores de seguros a fim de eliminar o uso do papel e caneta durante os pedidos de processo de seguro.

Porém, esta medida encontrou alguns percalços técnicos: cerca de 20% dos aparelhos utilizados em campo apresentaram falhas, tanto na parte de software (problemas com a conexão wi fi) como em hardware (peças avariadas).

Procurando diminuir ao máximo o número de máquinhas defeituosas, em 2007  foi iniciada uma pesquisa por computadores robustecidos que poderiam ser usados sem falha tanto dentro como for a dos veículos, diminuindo a frustração dos avaliadores. Para isso, foi criado um programa piloto que visava encontrar o aparelho perfeito para o trabalho realizado pela empresa.

Dois profissionais avaliaram o Toughbook 18 em sua versão de tablet conversível antes de autorizar sua utilização por 10 avaliadores de seguros, que iriam usá-lo nos próximos 6 meses. Os avaliadores que testaram o modelo da Panasonic mostraram-se bastante impressionados ao final do programa, fazendo com que Amica decidisse oficialmente adotar os notebooks robustecidos em todo o país.

“O Tougbook 18 realmente chamou minha atenção por ter a funcionalidade e a flexibilidade de um tablet e um suporte para conduzi-lo, mas também é resistente e leve” afirma Larry Brown, Engenheiro Sênior de Sistemas da Amica.

O robustecido tem trazido ótimos resultados para a empresa: nos primeiros dois anos de implantação do aparelhos apenas um equipamento apresentou alguma falha, uma taxa de erro de 0,2% extremamente inferior aos 20% que eles enfrentam anteriormente.

Com o Toughbook 18, os avaliadores conseguem ser mais produtivos em menos tempo. A média do tempo gasto para cada avaliação foi reduzida em 24% e o nível de inspeções concluídas em apenas um dia aumentou em 27%, fazendo com que os avaliadores possam lidar com um ou dois casos a mais por dia. Os pedidos são enviados mais rapidamente e o tempo que os clientes levavam para serem ressarcidos também diminuiu.

Em 2010, Amica doou sua linha original de robustecidos para uma base policial da região e atualizou seus equipamentos com os tablets conversíveis da linha Toughbook 19 com processadores mais avançados e conexão 3G inclusa no equipamento.

Quer conhecer mais histórias de sucesso com a participação dos notebooks da Panasonic? Acesse o blog  da Panasonic for Business

Did you like this? Share it:

Sem comentários »


Postado em: Tecnologia